Em um mundo cada vez mais medível e com capacidade crescente de produzir e armazenar dados, o estatístico que consegue conversar, analisar e transformar esses dados brutos em informações valiosas é necessário em quase todas as áreas. 

Hoje o tratamento de dados é necessário tanto para empresas como para a sociedade em geral. Empresas precisam pensar em novas formas de gerar lucro, cortar custos e gerenciar os recursos internos, aliando-se às estratégias de negócios para trazer resultados de impacto. E a sociedade também precisa de informações precisas sobre os mais diferentes assuntos, então a estatística vira aliada do jornalismo para entregar dados importantes aos leitores.  

Por ser uma profissão requisitada, o trabalho do estatístico está sendo mais valorizado e suas condições de trabalho melhoradas. Hoje, 29 de maio, é dia de homenagear o estatístico. 

O que faz um estatístico?

o que o estatístico faz

O papel do estatístico é coletar e analisar dados, realizar cálculos e elaborar gráficos, para que as informações contribuam para facilitar e melhorar a vida da população e ajudar os gestores das empresas a tomarem melhores decisões.

Isso porque o mundo é repleto de eventos aleatórios, que acontecem com uma certa probabilidade. A estatística, resumidamente, é a ciência que organiza e trata dados e utiliza teorias probabilísticas para explicar a ocorrência de eventos e prever fenômenos futuros.

Um exemplo da aplicação da estatística pode ser visto no filme Moneyball (no Brasil, O Homem que Mudou o Jogo). Ele conta uma história baseada em fatos reais, em que um gerente de um time de basebol (interpretado por Brad Pitt) desafia o sistema tradicional e elabora novas estratégias com um orçamento pequeno por meio de modelos estatísticos.

Graças à estatística, ele consegue fazer o time vencer 20 jogos consecutivos. E se não tivesse recusado o convite para trabalhar com um outro time, ele teria se tornado o gerente mais bem pago da história do basebol.

Mas esse não é o único exemplo que podemos dar da aplicação da estatística. Poucos sabem, mas ela também está envolvida:

  • Nas sugestões de vídeos para usuários do YouTube;
  • Na concessão de crédito bancário;
  • Nos testes de qualidade do INMETRO;
  • Na definição de rotas em ferramentas como Google Maps;
  • Na busca pelas passagens aéreas mais baratas;
  • Nesses e em muitos outros casos, a estatística age por meio de tecnologias como Big Data;
  • Business Analytics e Inteligência Artificial.

A estatística é a ciência que ‘atua nos bastidores’ dessas tecnologias.

Quais atividades fazem parte do dia a dia de um estatístico?

Entre as principais atividades realizadas pelo estatístico, estão:

  • O planejamento de pesquisas e experimentos;
  • A extração e análise de dados em diferentes sistemas;
  • A realização de análises descritivas e exploratórias;
  • O desenvolvimento de modelos estatísticos;
  • O apoio analítico a diversas áreas de uma empresa.

Como ser um bom estatístico?

Para ser um bom estatístico e se destacar no mercado, é preciso ter várias características, como ter muita afinidade com matemática e computação, possuir um bom raciocínio lógico, saber se comunicar com clareza e, principalmente, saber trabalhar em equipe.

Ok. Mas e as vantagens?

Uma das principais vantagens de ser um estatístico é poder atuar em diversas áreas, desde saúde e educação até agronegócio e engenharia. Hoje, não existe uma área que não precise de conhecimentos em estatística.

Outras vantagens são as boas perspectivas de crescimento profissional resultadas do aumento da importância dessa profissão nos últimos anos.

29 de Maio: Dia do Estatístico

No passado, o estatístico era visto apenas como o profissional que ‘fazia contas’ e realizava censos e pesquisas de intenção de voto.

Hoje ele é considerado um profissional altamente estratégico. Nas empresas, por exemplo, as decisões não podem ser mais tomadas com base em fatos isolados, pois isso pode resultar na perda de recursos financeiros.

O estatístico faz a leitura analítica dos dados e entrega informações relevantes, que tornam as decisões mais embasadas e assertivas e contribuem para a melhoria dos resultados da organização.

E é graças ao trabalho do estatístico que as novas tecnologias, como o Big Data e o Business Analytics, estão melhorando significativamente a vida de milhares de pessoas.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar dessa discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *